Com seis meses de duração, consultorias subsidiadas em 70% pelo Sebraetec, diagnóstico, plano de ações e acompanhamento por consultores, empresas vão inserir sustentabilidade em sua gestão para se tornarem mais competitivas no mercado atual

O mercado já não é mais o mesmo. Nos últimos anos, as pessoas mudaram, o consumo mudou, o mundo mudou e as empresas também. A sustentabilidade deixou de ser um conceito distante do dia a dia, uma preocupação de alguns grupos, e conquistou a sociedade.

Tornou-se um caminho irreversível, uma questão econômica e de mercado. Hoje, as empresas que pretendem continuar crescendo, evoluindo e sendo competitivas precisam incluir sustentabilidade em sua gestão.

Mercado não é mais só para comprar e vender. Empresas sustentáveis são mais valorizadas pelos consumidores, que preferem adquirir produtos e serviços de empreendimentos comprometidos com boas práticas sociais e ambientais. Várias pesquisas apontam este cenário, não mais como tendência, mas como realidade, inclusive no Brasil.

Este foi o recado no seminário de lançamento do Programa Sustenta do Sebrae MT, realizado dia 25 de abril, no auditório do Centro Sebrae de Sustentabilidade. Mais de 50 empresários ouviram estas conclusões na palestra proferida por Dal Marcondes, jornalista, mestre em Economia Sustentável e diretor do Instituto Envolverde e da DMCon.

O Sustenta oferece consultorias individualizadas e customizadas com custos subsidiados em 70%  pelo Sebraetec. Os empresários podem optar entre dois formatos: o Sustenta Plus, com 73 horas de consultorias; e o Sustenta Pró, com 55 horas.

Interessados podem se inscrever até o dia 10/05. O programa, que conta com metodologia desenvolvida pelo Sebrae MT para Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP) de todos os setores e segmentos, terá duração de seis meses e se encerrará em novembro. Há 30 vagas, sendo 10 em Cuiabá, 10 em Sinop e 10 em Sorriso.

O programa é composto por quatro etapas: diagnóstico socioambiental, plano de ação, cronograma e acompanhamento ao longo de seis meses. A elaboração de projeto de Licenciamento Ambiental ou Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos também fazem parte do pacote.

“É preciso evoluir para competir”, disse Renata Taques, gestora do Programa Sustenta, que é um produto da Gerência Sustentabilidade e Negócios do Sebrae MT. Ela explicou que os participantes terão a gestão analisada, um verdadeiro check-up. A empresa receberá o plano de ações dos consultores, que vão acompanhar a sua implantação.

“Nenhuma empresa é 100% sustentável”, ressaltou Renata. As práticas vão sendo implementadas aos poucos, geralmente em energia, água e resíduos, e as vantagens começarão a surgir, garantiu. “Sustentabilidade é uma necessidade para reduzir custos e melhorar os processos. Para competir, é preciso evoluir”, enfatizou a gestora.