São pequenas mudanças que podem ajudar o planeta no futuro

 

Cada vez mais, estamos preocupados com o meio ambiente, e hoje, buscamos alternativas mais sustentáveis para quase tudo. Opções inteligentes, que agridam menos o nosso planeta, são necessárias. Porém, passamos grande parte do tempo em atividades fora de casa. Será que é possível reduzir a nossa produção de lixo mesmo estando na rua? A engenheira de produção e sócia-proprietária da Beegreen Sustentabilidade Urbana, Patricya Bezerra, afirma que sim, e separou algumas ideias para te ajudar:

 

Monte seu próprio kit sustentável

 

Uma ótima estratégia para quem está buscando diminuir a produção de lixo é montar um kit com utensílios duráveis. “Pode até parecer difícil, mas depois que você monta seu kit e começa a levá-lo para os lugares, você vê o quanto consegue diminuir a quantidade de lixo gerada ao longo do seu dia”, comenta Patricya.

 

Leve, sempre que possível, uma ou duas ecobags, caso você queira comprar alguma coisa na rua; um kit básico para alimentação com canudo, talheres e copos reutilizáveis; se você não quiser/tiver como levar, veja se o local oferece opções duráveis, evitando sempre os descartáveis. Quando puder, opte pelo guardanapo de pano, e tenha sempre algumas embalagens reutilizáveis. Assim, você pode comprar seus alimentos e armazená-los de maneira adequada e ainda levar as sobras, caso queira.

 

Se você precisar comer na rua, existem algumas sugestões para diminuir ao máximo a produção de lixo nesses casos. Se for tomar um sorvete, por exemplo, prefira sempre a casquinha, que é comestível. Se for a padaria, peça sempre para que os alimentos venham em embalagens de papel, para depois fazer a separação adequada do lixo. Para os lanches, a mesma coisa; escolha sempre as opções sem plástico descartável. O mesmo vale para o ketchup e para a mostarda – molhos em geral -, opte por lugares que ofereçam opções reutilizáveis.

 

Que precisamos nos alimentar bem é um fato, afinal, nosso corpo precisa de energia para executar as tarefas ao longo dia. Por isso, as dicas relacionadas aos nossos “lanchinhos” valem não só para as crianças, como para os adultos, e além de serem mais sustentáveis, são também mais saudáveis. Snacks e bolachas: a melhor maneira de transportá-los é em potinhos de vidro ou em sacos de tecido. Hoje existem opções especiais para isso no mercado, que são reutilizáveis e conservam o alimento fresco. Quanto às bebidas, leve sempre uma garrafa de água com você, e se preferir, faça sucos naturais em casa, pois assim você evita comprar opções industrializadas na rua. Balas e chicletes: uma ótima opção aqui, além de muito mais saudável, são as frutas secas, que tem o próprio açúcar da fruta e podem ser levadas em saquinhos de pano para qualquer lugar.

 

“Hoje é muito mais fácil tentar diminuir a quantidade de lixo que produzimos; afinal, estão surgindo inúmeras ferramentas que nos ajudam nessa tarefa. Basta termos consciência do que estamos fazendo. Consumir na rua requer dedicação e esforço da nossa parte, principalmente em dizer não aos descartáveis, mas não é uma tarefa impossível”, finaliza.