Home Econews Edição 2020 da Ecomondo Brasil aposta em novos setores

Edição 2020 da Ecomondo Brasil aposta em novos setores

por admin

Novas parcerias e oportunidades para setores empresariais mostrarem suas ações são destaques nesta edição da feira

 

O setor do plástico será um dos destaques na programação de eventos paralelos da Ecomondo Brasil 2020, a ser realizada entre os dias 14 e 16 de abril, no São Paulo Expo.  A proposta de abordar este tema atende a um dos pilares da feira, que é ligado ao setor de resíduos. A proibição do uso de produtos plásticos em estados, como São Paulo e Rio de Janeiro, e até movimentos que pregam o banimento completo do material têm causado polêmicas em todo o Brasil.Para mostrar as soluções e alternativas que podem ser aproveitadas na cadeia produtiva e atender as expectativas domercado ambiental,vamos realizar um encontro sobre a reciclagem de plástico, em parceria com a Plástico em Revista.

Segundo Luiz Fernando Oliveira, project manager da Ecomondo Brasil, o objetivo é trazer conteúdos que abordem uma visão diferente do que tem sido disseminado na sociedade ultimamente, com especialistas que vão apresentar os principais entraves para a reciclagem do plástico avançar no País,como a disponibilidade de material com mais qualidade, preço acessível, término da bitributação, entre outros, bem como as soluções que já existem e perspectivas a médio e longo prazos em termos de tecnologia, mudança cultural e capacitação profissional.

Para Luiz Fernando,entre os pontos mais relevantes, o evento técnico vai abordar como melhorar o ciclo da reciclagem, quais as tecnologias que estão disponíveis para esse setor, quais são as dificuldades que o setor está enfrentando para ter um material pós-consumo de boa qualidade, além da necessidade de investir em ações voltadas para a educação ambiental e capacitação dos catadores e cooperativas. “Na área de exposição, por exemplo, vamos trazer empresas fabricantes e comercializadoras de máquinas e equipamentos, sistemas, consultorias especializadas, que vão apresentar as soluções disponíveis no mercado”, destaca.

Ecomondo IT 2020 mostra ações do setor empresarial em prol da sustentabilidade

Outro evento importante é o Ecomondo IT 2020, que contará com apresentação do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) – Visão 2050, que irá mostrar a “Discussão sobre atividades econômicas e uma presença humana mais sustentável no planeta até o ano 2050. Partindo de projeções e expectativas traçadas pelas próprias empresas, por órgãos governamentais e por representantes da sociedade civil”.

A Scania AB fará uma participação para mostrar as Tecnologias verdes na operação industrial, com destaque para o tema “Introdução de novas tecnologias verdes na operação industrial, com foco na redução no consumo de energia e insumos, e ações que garantem operações ‘fóssil free’”, ministrado por Douglas Bonfim, gerente de Manutenção da Scania LatinAmerica.

Outro tema será da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (SVMA) – PMSP, com a presença de autoridades que irão abordar o “Planejamento, ordenação e coordenação de atividades de defesa do meio ambiente e  critérios para conter a degradação e a poluição ambiental no Município de São Paulo”. As palestras serão coordenadas por Eduardo Castro, Secretário SVMA, PMSP.

A ADESAMPA – Agencia São Paulo de Desenvolvimento, também estará no Ecomondo IT 2020 com a participação no painel “O papel do poder público no Fomento das Tecnologias Verdes”, que visa debater formatos de aportes, diretos e indiretos, que a administração pública pode realizar no apoio do desenvolvimento sustentável local a partir do Fomento das Tecnologias Verdes. Trazendo casos de sucesso como o Green Sampa (Hub Green Sampa), o MobiLab+ (Compras Públicas de Impacto), Habits/FEA (USP) e demais centros de inovação temáticos. Thais Zschieschang, Parcerias/ADE SAMPA, irá coordenar o painel.

O evento será encerrado com a participação de Renato Paquet, diretor do Comitê de Cleantechs da ABStartups – Associação Brasileira de Startups, que vai abordar o avanços das Cleantechs Ambientais no Brasil. Segundo o especialista, as empresas brasileiras ainda estão muito focadas no mercado de energia, de onde vem a maioria dos investimentos e das ideias, mas garante que ainda há muitas oportunidades de exploração, como no caso da bioeconomia. Os ativos existentes Amazônia, na Mata Atlântica que, segundo ele, podem ser explorados para medicamentos, bem como os investimentos em saneamento (acesso ou diminuição da perda de água tratada). E salienta também o potencial da área de resíduos, segunda maior entre as greentechs, porque mais da metade dos resíduos brasileiros não tem disposição correta, fazendo com que sejam depositados em lixões clandestinos, inclusive recebendo coletas de municípios e de grandes empresas geradoras.

A Ecomondo IT acontece no dia 16 de abril,  das 14h às 18h, durante a Ecomondo Brasil, no São Paulo Expo – SP. Mais informações: www.ecomondobrasil.com.br .

Posts relacionados

Deixar um comentário