Home Econews CIGRAC 2020+1 destaca cooperação tecnológica

CIGRAC 2020+1 destaca cooperação tecnológica

por admin
Especialistas brasileiros estarão na Conferência Internacional sobre Gestão e Reabilitação de Áreas Contaminadas de Portugal

A Associação Técnica para o Estudo da Contaminação do Solo e da Água Subterrânea de Portugal (AECSAS), o Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) e o Colégio de Engenharia Geológica e de Minas da Ordem dos Engenheiros (OE) estão organizando a Conferência Internacional sobre “Gestão e Reabilitação de Áreas Contaminadas de Portugal”, a CIGRAC 2020⁺¹, que ocorrerá na semana entre 11 e 14 de maio de 2021, em Lisboa, Portugal. Realizada pela primeira vez em Portugal, a Conferência pretende ser o ponto de encontro de toda a cadeia de Gerenciamento de Áreas Contaminadas e busca trazer para discussão as questões relacionadas à legislação e às técnicas de investigação e remediação de áreas contaminadas. Este fórum pretende ainda promover a cooperação entre a indústria, a academia e os prestadores de serviços no desenvolvimento e aplicação de tecnologias sustentáveis e espera contar com a presença de técnicos e tomadores de decisão de importantes entidades públicas e privadas de Portugal, do Brasil e demais países interessados no tema.

AS ÁREAS CONTAMINADAS EM PORTUGAL

Em Portugal existem situações de passivo ambiental que necessitam ser resolvidas. Alguns locais apresentam passivos ambientais muito importantes oferecendo riscos para a saúde humana e para os ecossistemas, de forma que a resolução de tais problemas constitui um pressuposto para a valorização econômica das respectivas regiões. Estima-se que existam mais de 2 mil áreas potencialmente contaminadas, muitas do início do século passado, que durante décadas sofreram com o despejo de efluentes líquidos, gasosos e sólidos nas suas imediações, sem qualquer tratamento prévio. Ainda hoje Portugal não tem políticas públicas dirigidas para as questões relacionadas à contaminação bem como legislação específica para a qualidade dos solos. Em 2006, surgiu a Estratégia Europeia de Proteção do Solo, documento que tinha como objetivo impulsionar uma política europeia para a proteção dos solos e que, no entanto, não foi até hoje consolidada, por razões de divergências entre as visões dos atores industriais, estatais e da sociedade civil.

A CONFERÊNCIA

Com o objetivo de fomentar esse cenário, a CIGRAC irá trazer temas importantes para discussão tais como: Avaliação preliminar e modelos conceituais; Investigação in situ; Análise de risco à saúde humana e ambiente; Tratamentos in situ e on site; Tratamentos off site; Tecnologias inovadoras; Mudança de uso e descomissionamento; Abordagens inovadoras no planejamento da reabilitação; Operações de gestão de resíduos; Aspectos legais e responsabilidade ambiental; Seguros e financiamentos. A organização e divulgação da conferência estão sendo feitos pela empresa brasileira Soldí Ambiental, empresa especializada na organização e promoção de eventos na área. Além da oportunidade de submissão de trabalhos, há ainda a possibilidade de patrocínio. Se a sua empresa tem interesse, essa certamente será uma grande oportunidade.

Através da Soldí Ambiental, o evento conta com parcerias da revista Meio Ambiente Industrial, mídia apoiadora do evento, e da Ecomondo Brasil.

O prazo para submissão de trabalhos é 26 de novembro de 2020. Para maiores informações, acesse o site www.cigrac2020.pt ou envie um e-mail para contato@soldiambiental.com.br.

 

 

Compartilhar

Posts relacionados

Deixar um comentário