Feira internacional da Economia Verde líder na área do Mediterrâneo – que originou a Ecomondo Brasil a ser realizada em 2018 -, apresenta como focos principais nesta edição, a recuperação de matéria e energia e o desenvolvimento sustentável

Autoridades durante a abertura da 21ª edição da Ecomondo / Key Energy

A feira Ecomondo / Key Energy, um evento organizado no Rimini Expo Center, de 7 a 10 de novembro de 2017, pelo IEG (Grupo de Exposição Italiano), é a primeira exposição europeia sobre economia circular com mais de 1.200 empresas exibindo seus produtos e processos e 105.000 delegados de mais de 40 países, principalmente da área do Mediterrâneo.

Este é um evento europeu que antecipa os diferentes aspectos da economia verde e permite que todos os seus participantes atuem sobre os desafios e oportunidades dessa nova era para um desenvolvimento global sustentável.

A edição desse ano apresenta diferentes pontos de interesse: primeiro, uma análise exaustiva do crescimento e oportunidades do mercado de bioindústrias, tomando o biometano como ponto de transição entre energia renovável e energia tradicional e foco em sistemas e soluções para prevenir o risco hidrogeológico e os principais riscos relacionados ao clima, inundações e erosão costeira.

Este ano, será dada especial atenção à energia fotovoltaica e ao armazenamento, um mercado que agora tem um volume de negócios de 950 milhões de euros por ano, mas que crescerá consideravelmente nos próximos anos. Isto é provado pelos dois novos setores de exposição da Key Solar, dedicados à energia fotovoltaica e Key Storage, dedicados ao armazenamento de energia obtido a partir de fontes renováveis, que aumentam o suprimento, juntamente com a Eficiência Chave, dedicada a tecnologia, sistemas e soluções para um uso inteligente dos recursos e do Vento Chave, focado na energia eólica.

No que diz respeito às conferências, as questões serão abordadas em sinergia com a política de desenvolvimento da economia circular europeia no setor da água. A inovação será um dos principais tópicos com Horizon2020 SMART-Plant, referente à economia circular em estações de tratamento, com dezenas de empresas e centros de pesquisa. Técnicos de renome mundial participarão, como coordenador do grupo de recuperação de recursos da Associação Internacional de Água e representantes da plataforma WssTP, com o qual a Ecomondo / KeyEnergy está iniciando relações bilaterais.

Além disso, no que diz respeito à energia fotovoltaica, a conferência ‘Fotovoltaica com armazenamento’ traz cenários internacionais, coordenados por Roberto Vigotti, presidente da Res4Med, e oferecerão sua visão da situação de armazenamento na Europa e na área do Mediterrâneo e apresentarão os cenários internacionais para atingir o objetivo da União Europeia 2030, enquanto o evento de energia do vento: o mercado internacional apresentará as oportunidades técnicas e econômicas desse setor, destinado a desempenhar um papel decisivo nos próximos anos.

A Itália é um dos principais países da Europa na economia verde e circular, particularmente na eficiência energética, reciclagem de resíduos e produtividade de recursos. Portanto, a Ecomondo / Key Energy é um ponto de referência neste cenário internacional, onde todas as empresas líderes do setor podem se encontrar e descobrir tendências, inovações e novas tecnologias e trocar pontos de vista com profissionais.

Todos os anos, a Ecomondo / Key Energy confirma sua liderança como o evento internacional que não deve perder-se no campo da economia circular, como podemos ver nos seguintes números: mais de 1.200 empresas em 113.000 m2 de espaços expositivos, mais de uma centena de conferências e falantes; 550 compradores envolvidos em 4.500 reuniões de negócios; 520 jornalistas e 163 milhões de contatos nos meios de comunicação, graças ao eco das mídias e das redes sociais.

Ecomondo Brasil marca presença

Da esquerda para direita: Carlos Silva Filho (ABRELPE), Tatiana Tucunduva (Comitê Científico), Marco Cecchini (Ecomondo Itália) e Karine de Souza (Representante Ecomondo Brasil)

 

A Ecomondo Brasil foi representada pela participação de Tatiana Tucunduva, presidente do Comitê Científico. Além do Comitê Científico, a professora está representando o CIS – Programa de Mestrado em Cidades Inteligentes e Sustentáveis, da UNINOVE, mostrando as iniciativas empreendidas pela universidade para o mundo.

A ação de reforço de marca contou com um estande apresentando as novidades de 2018, a distribuição de material promocional e o atendimento aos visitantes e expositores interessados no mercado brasileiro e latino-americano.

Para obter mais informações sobre o evento, contate nossa equipe pelo e-mail: marketing@expoestrategia.com.br